Como as Anitas me ajudaram a perder o medo de falar em público!

25 May 2016

Trilha Arquitetura de Software, no TDC, em Florianópolis - SC

A ideia de falar em público para mim sempre é um pouco assustadora, uma sala com mais de três pessoas e o problema está feito. Boca seca, tremedeira.

Nem sempre fui tímida e insegura para falar em público, na escola sempre estava liderando e fazendo as apresentações dos grupos. Depois da entrada para a área da tecnologia cada vez fui me fechando mais e deixando de fazer apresentações, muitas vezes por insegurança e por medo de falar algo errado.

continuar lendo...

De Oceanógrafa a Programadora

17 Mar 2016

Nível de Previsão Geral das Marés

Nesta semana me pediram pra contar um pouco sobre como eu virei programadora (ou pelo menos estou no processo). Eu escrevi esse texto para contar um pouco mais sobre essa história.

continuar lendo...

App Inventor: aprendendo a programar aplicativos para Android

18 Jan 2016

Equipe de Recife do Technovation Challenge

Liderados por Mark Friedman e Hal Abelson, uma equipe de engenheiros do Google e professores do MIT desenvolveu em 2009 a ferramenta App Inventor, uma aplicação web gratuita que permite que pessoas sem experiência alguma em programação criem seus primeiros aplicativos para a plataforma Android.

continuar lendo...

Novas amizades, novas metas, novas histórias!

11 Jan 2016

1º Anitas Conversando Sobre

Quem diria que o ano de 2015 terminaria com tantas mulheres de Floripa e região reunidas pra falar de empoderamento feminino, empreendedorismo e os desafios que passamos buscando maior representatividade no setor de tecnologia?

continuar lendo...

De observadoras a protagonistas

12 Nov 2015

5ª Turma Startup SC

Em Maio de 2015, a startup que eu e meu sócio fundamos aqui em Florianópolis foi selecionada para participar do programa de aceleração do Sebrae, o StartupSC. Para esta 5ª turma do programa, foram selecionadas 30 empresas, e já no primeiro encontro percebi que de todas as selecionadas, somente 7 tinham mulheres como gestoras dos negócios.

Nosso mentor comentou que esta foi a edição com a maior representatividade de mulheres no programa. Eram 23% de mulheres ocupando cargos de gestão das startups. Nas edições anteriores, somente mais 3 empresas tiveram mulheres à frente dos empreendimentos. Ou seja, durante as 5 edições do maior programa de aceleração de empresas de tecnologia de Santa Catarina, por onde já passaram 110 empresas, somente 10 tiveram mulheres recebendo capacitação no mesmo nível de oportunidades que os homens.

Algo parecia muito errado…

continuar lendo...